Bem-Vindos a "O Bar do Alcides"!

* O Bar do Alcides não faz favores a ninguém!
* É apolítico e imparcial!
* Todos os portugueses são vítimas da MAÇONARIA, que continua destruindo a nossa Nação!

domingo, 15 de novembro de 2009

Correio da Manhã de 15.11.09: PGR confirma crime mas não apoia escutas.




Minutos depois do Supremo Tribunal de Justiça desmentir a notícia de que anteontem proferira qualquer decisão no sentido da destruição das escutas, Pinto Monteiro, procurador-geral da República, confirmava que o Ministério Público de Aveiro e o juiz de instrução criminal da mesma cidade tinham entendido – tal como o CM ontem noticiou – que as conversas de José Sócrates com Armando Vara configuravam o crime de atentado contra o Estado de Direito, por manipulação da Comunicação Social.

A comunicação da PGR deu ainda conta de que existem 11 conversas de José Sócrates com Armando Vara que foram consideradas passíveis de responsabilidade criminal.

Sobre as seis primeiras, disse ontem a PGR, o Supremo Tribunal de Justiça entendeu que deviam ser destruídas, mas não é claro se tal já aconteceu.

Apenas é explícito que Pinto Monteiro também não vê qualquer relevância criminal nas mesmas, já que as enviou para o Supremo "não obstante considerar que não existiam indícios probatórios que levassem à instauração de procedimento criminal".


Sobre as últimas cinco ainda não há despacho.